MDF ou MDP? Conheça as diferenças

Quem planeja reformar e renovar a casa acaba se deparando com escolhas importantes, e uma delas é em relação às matérias-primas de fabricação dos móveis que serão comprados.

Nessa hora é comum aparecerem dúvidas como: Qual é o melhor material? MDP ou MDF? Qual é o mais barato? Quais características eles oferecem para cada tipo de móvel?

Fique tranquilo! Vamos responder todas as perguntas sobre os dois materiais e muito mais. Agora vai ficar fácil entender qual deles melhor se adapta de acordo com as suas necessidades.

Quais as diferenças entre MDF e MDP?

Para começar, é preciso entender que o MDF e o MDP são materiais distintos, e são excelentes para a produção de móveis, porém, são elaborados e manipulados de formas diferentes. Assim, é possível definir ambos os produtos.

Para conhecê-los melhor, vamos começar pelo mais famoso: o MDF. 

Composição do MDF

A sigla MDF significa Medium Density Fiberboard ou, em português, Painel de Fibra de Densidade Média. O MDF é feito com fibras de madeira e resina sintética, por isso o resultado final é um material bem uniforme.

Essas características permitem que as placas de MDF aceitem cortes em diferentes direções, permitindo mais liberdade para o design do móvel. A aplicação de revestimentos, a criação de peças arredondadas e acabamentos sofisticados são destaques na estética dessa matéria-prima.

 

Composição do MDP

 

O MDP, por sua vez, significa Medium Density Particleboard ou Painel de Partícula de Média Densidade. A chapa é feita com partículas de madeira prensadas, ao contrário das fibras usadas no MDF.

Três camadas formam o MDP: uma mais grossa no miolo e duas finas nas superfícies. Essa composição torna o material mais robusto e bem estruturado, pronto para receber maior carga de peso que o MDF (apesar de ser mais leve).

Pronto! Agora que você já sabe a diferença entre MPF e MDP fica mais fácil entender a diferença entre eles. Mesmo assim separamos algumas dicas e curiosidades para você!

Muita gente ouve por aí que o MDF é melhor que o MDP. O fato é que eles possuem finalidades específicas. Claro que existem algumas vantagens e desvantagens dependendo de como será utilizado os materiais. Portanto fique atento às dicas que preparamos para você:

  • Não confunda o MDP com o velho e conhecido painel aglomerado que esfarelava e desmanchava com facilidade. O MDP é formado por partículas prensadas e o aglomerado por resíduos de madeira.
  • Ao contrário do MDP, O MDF não é composto por camadas. Mais plano e liso, ele é a melhor opção para receber tinta, verniz e revestimentos de acabamento.
  • Se você deseja comprar móveis para cômodos úmidos, prefira o MDP. Isso porque suas chapas em camadas dificultam a corrosão e expansão do material, enquando o MDF “estufa” e pode estragar mais facilmente em ambientes com umidade.
  • Atualmente é bem comum a combinação de MDF e MDP no mesmo móvel. A aplicação dos dois elementos promove inovação no design com qualidade e funcionalidade superiores. Imagine como pode ser interessante uma cozinha completa com prateleiras em MDP para suportar mais peso, enquanto as portas e gavetas são de MDF ou uma penteadeira rústica com os pés e detalhes em MDF (pois os recortes são arredondados) e o restante da estrutura em MDP. Esses são alguns dos muitos exemplos de perfeita interação entre os dois materiais.

Ainda tem dúvida? Calma, que aqui tem um resumão! 

MDF MDP
Composição Placa uniforme feita a partir da prensa de fibras de madeira com resina. Placa feita a partir da prensa de partículas de madeira com resina, dividida em três camadas.
Resistência Mais resistente à atrito. Menos resistente à atrito.
Melhor uso Móveis mais maleáveis com designs diferentes. Móveis retilíneos sem curvas ou acabamentos diferentes.
Suporte de peso É mais pesado (denso) e suporta menos peso. É mais leve e suporta mais peso devido à sua forte estrutura de três camadas.
Economia Um pouco mais caro que MDP. Material mais econômico.
Resistência à umidade Maior probabilidade de expandir com rapidez em contato com umidade. Demora mais para expandir devido às três camadas em sua composição.

E aí? Agora não restam mais dúvidas, não é mesmo? Tanto o MDF quanto o MDP são ótimos e com certeza devem estar presentes nos móveis da sua casa!